Alô Ministério Público: Dimensão Engenharia está aterrando rio no Turu causando impacto ambiental e erosão de casas

O blog recebeu uma denúncia agora pouco, dando conta que um empreendimento imobiliário, está sendo construído na Avenida General Arthuer Carvalho na região do Turu, e vem causando um impacto ambiental.

O risco de desabamento das  casas no condomínio ao lado é  visível, isso tudo por conta da erosão causado pelo desvio de curso do Rio que a empresa dimensão engenharia está fazendo.

O denunciante falou que todos os domingos a empresa passa várias horas aterrando o Rio, que fica ao fundo do empreendimento, para despistar as fiscalizações botaram tapumes na frente para que passasse despercebido, porém o blog obteve imagens de drone de antes e depois da devastação. A defesa Civil já esteve no local.

Confira nos vídeos abaixo, fica o alerta para secretaria de estado do meio ambiente e  do município, blitz urbana, Ministério público e todos os órgãos competentes.

 

 

URGENTE: Conselhos tutelares de várias cidades do MA, emitem alerta para sequestro de criancas

Conselhos tutelares de várias cidades do Maranhão estão emitindo um alerta para o sequestro de crianças , após duas tentativas registradas em alguns municípios do estado.

Segundo informações apuradas os sequestros teriam ocorrido em dois municípios maranhenses, São José dos Basílios e Dom Pedro, ambos os casos estão sendo investigados pela polícia civil.
Os conselheiros tutelares pedem que os pais e responsáveis por crianças e adolescentes não os deixem saírem de casa desacompanhados.
O conselho tutelar de outros municípios como Pinheiro, Palmeirandia, São Bento, Paulino Neves , Tutóia e dentre outras cidades  já emitiram alerta as suas populações local.

TVN será primeira emprrsa a ser instalada no parque tecnológico do centro histórico

 

O Governo do Estado busca revitalizar o Centro Histórico com o programa Nosso Centro, que entre outros empreendimentos, habitações e equipamentos, contempla também a construção do Casarão Tech, localizado na Rua da Estrela N. 472, prédio que vai ser um verdadeiro parque tecnológico, reunindo quando estiver pronto empresas, espaços públicos dedicados à aceleração de incubadoras e startups e mantendo ainda mais próximos e parceiros o Governo, a Academia e a as Empresas.

Essa semana o Secretário Estadual de Cidades e Desenvolvimento do Maranhão Márcio Jerry (SECID) fez, juntamente com equipes técnicas, uma visita de inspeção e acompanhamento das obras que integram esse projeto. Segundo Jerry os equipamentos do Nosso Centro, quando concluídos, “darão uma nova feição ao Centro Histórico de São Luís, além da oferta de uma série de novos serviços naquela região. É um conjunto de ações convergentes, voltadas para o atendimento amplo da população em várias frentes, tendo como destaque o fomento tecnológico e do empreendedorismo”, ressaltou o Secretário.

Também integrou a comitiva o Diretor da TVN / Telecomunicações Nordeste Ltda. Augusto Diniz. Vale ressaltar que a TVN, provedora de TV a Cabo, Internet e Telefonia Fixa, será a primeira empresa a se instalar no local; fruto da parceria fechada após aprovação em edital, com o Governo do Maranhão. O Casarão Tech possuí uma área útil de aproximadamente 1.150 metros quadrados, que serão divididos com a UEMA, e reservando-se à TVN uma área de cerca de 400 metros quadrados. A empresa terá como contrapartida, que investir recursos próprios para a recuperação do prédio e construção do espaço. A previsão é de que, uma vez inaugurado, o Casarão Tech receba um público diário de cerca de 220 pessoas, ente colaboradores da TVN, pesquisadores, professores e alunos da UEMA além de visitantes e público externo.

O objetivo da TVN nesse acordo é implantar no Casarão Tech o novo Call Center da operadora, com previsão de geração de cerca de 80 novos empregos diretos, ainda nesse primeiro semestre. Além dessa Central de Atendimento ao Cliente, o moderno projeto da nova unidade da TVN nesse espaço prevê também um ambiente de inovação e tecnológica destinada ao seu setor de TI (Tecnologia da Informação), Sala de Descompressão, Copa e Banheiros. O imóvel Casarão Tech também será compartilhado entre a TVN e a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o que vai incentivar e ampliar ainda mais as parcerias já existentes entre a TVN e a UEMA voltadas para pesquisas conjuntas na área de TI.

Para o Diretor da TVN Augusto Diniz fazer parte desse projeto e inaugurar essa nova unidade significa consolidar o compromisso da empresa para com o desenvolvimento do Maranhão:

“A TVN é uma empresa genuinamente maranhense, que nasceu aqui em São Luis. Através desse projeto, vamos ajudar no desenvolvimento de uma área que pode e deve ser modelo, que é o nosso Centro Histórico. As pessoas quando viajam para a Europa buscam visitar áreas históricas exatamente como essa, e em breve teremos aqui um novo Centro Histórico revitalizado e ainda abrigando um moderno parque tecnológico; o qual será decisivo e essencial para o crescimento econômico e a futura competitividade das empresas e dos profissionais maranhenses. Só podemos louvar essa iniciativa do Governo, e estamos felizes em poder dar a nossa parcela de contribuição”, declarou Diniz.

A TVN, com 21 anos de mercado, foi a primeira operadora de TV a cabo da Ilha quando se instalou em fevereiro de 1999 na capital maranhense. Desde 2005 a operadora incorporou ao negócio o serviço de internet de banda larga; e desde 2011 passou a funcionar também como operadora de telefonia convergente. Com foco no cliente e na excelência e confiabilidade de seus serviços, a TVN busca crescer com qualidade, gerando mais empregos e sempre apostando nas novas tecnologias como base para sua constante modernização.

“Esse projeto do Nosso Centro e Casarão Tech tem uma importância imensa para o Estado e vai garantir não apenas o desenvolvimento e a atração de novos empreendimentos, como também fomentar a tecnologia e ainda preservar nosso Centro Histórico, tão belo e rico em potencial turístico, e em breve, também em potencial tecnológico. Que o exemplo da TVN seja seguido por outras empresas. Fica o nosso convite para que mais empresas também ingressem nesse programa”, disse o Sec. Márcio Jerry, fazendo um chamamento à iniciativa privada local.

Projeto do novo Call Center da TVN, a ser inaugurado no prédio do Casarão Tech, na Rua da Estrela em São Luís.

 

Cuidado e atenção no trânsito: acidentes com quebra de postes da rede elétrica causam transtornos no Maranhão

Em 2020, por conta do isolamento social o número de ocorrências diminuiu em relação a 2019, mas 2021 já iniciou com muitos registros

As ocorrências de acidentes com quebra de postes da rede de energia elétrica, tem se tornado notícia comum nos últimos dias em São Luís. Situações como essas afetam não só o condutor e ocupantes do veículo, como também as unidades consumidoras próximas ao local do incidente, que têm o fornecimento de energia interrompido, além das complicações para motoristas que precisam trafegar e o trânsito acaba ficando complicado na localidade do acidente.

Registros da Equatorial Maranhão mostram que, em 2019 foram registradas mais de 2.242 ocorrências de acidentes com quebra de postes no Maranhão. Durante o ano de 2020, o registro foi de 1.525 em todo o estado. Na Grande São Luís (São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa), em 2019 foram 490 ocorrências, já em 2020 foram 325. O ano de 2021 começou com 40 ocorrências no Maranhão e 23 apenas sem São Luís. Vale ressaltar que esses dados são referentes aos acidentes que envolvem apenas os postes da rede de distribuição de energia elétrica. Sobre postes de iluminação pública é necessário consultar dados da Prefeitura.

De acordo com os órgãos de trânsito, estes acidentes geralmente ocorrem durante a madrugada ou finais de semana e são provocados por excesso de velocidade, estado de embriaguez, sonolência do condutor ou falhas mecânicas por falta de manutenção dos veículos. Outra causa frequente é a falta de atenção dos motoristas, como por exemplo, o uso do celular ao volante. As vias com o maior número de acidentes em São Luís são as avenidas: Jerônimo de Albuquerque, Daniel de La Touche, São Luís Rei de França, Guajajaras, Litorânea, Holandeses, Portugueses, Africanos, Franceses, Estrada da Maioba- MA – 202, e a Estrada de São José de Ribamar – MA 201.

“Os transtornos causados por esse tipo de acidente são grandes, principalmente o desconforto pela falta da energia elétrica, sobretudo em áreas onde tem imóveis que prestam serviços essenciais, como postos de saúde, delegacias, clínicas, lotéricas e para as pessoas que moram na área desse acidente. Além disso, o dinheiro/recurso utilizado para repor o poste e os componentes danificados, poderia ser utilizado para ampliar as ações de melhoria da qualidade de energia fornecida para as cidades maranhenses, ” destaca Stephanie Machado, Executiva de Operações da Equatorial Maranhão.

Para que o número de acidentes pare de crescer, o esforço de prevenção deve partir principalmente dos condutores de veículos. Respeitar os limites de velocidade, não dirigir sob efeito de bebida alcóolica e não utilizar o celular ao volante são regras que, quando cumpridas, resguardam a vida do motorista, dos passageiros e da população de modo geral. Nos pontos com os maiores registros de ocorrências, a Equatorial Maranhão instalou defensas (elementos de concreto na frente dos postes – atualmente essas defensas são feitas com manilhas cheias de areia), cujo objetivo é amortecer o impacto da colisão dos veículos em acidentes, dificultando a queda do poste sobre o carro e preservando assim a vida do motorista e dos passageiros.

Confira o ranking dos 10 municípios maranhenses com o maior número de acidentes com quebra de postes de janeiro a maio deste ano:

(Imagem em anexo)

Fotos:
01 – São José de Ribamar
02 – São José de Ribamar
03 – São Luís
04 – São Luís
05 – São Luís
06 – São Luís
07 – Ranking dos 10 municípios

O que fazer quando acontece um acidente com quebra de poste?

Em caso de ocorrências dessa natureza, a Equatorial Maranhão ressalta que a população entre em contato por meio da Central 116 e informe o local com ponto de referência, e que ligue também para o SAMU (192). A orientação é que as pessoas não se aproximem de fios e cabos e que não toquem em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica. Nos casos em que a estrutura do poste caia sobre o carro, a orientação é que a vítima não saia de dentro do veículo até a chegada das equipes da Equatorial, que irão isolar a área e desligar a energia .

Descarte incorreto de resíduos compromete bom funcionamento da rede de esgoto

 

Jogar restos de comida e de óleo de cozinha em pias de residências e lançar fios de cabelo, cotonetes, absorventes, preservativos e fraldas descartáveis em vasos sanitários ou ralos são algumas das atitudes que prejudicam o funcionamento das redes de esgoto. O descarte incorreto de resíduos pode acarretar o entupimento das ligações ou das redes, o extravasamento das tubulações e até mesmo o retorno do esgoto para dentro dos imóveis.

O coordenador operacional da BRK Ambiental, Fernando Cortez, ressalta que, com a pandemia, as pessoas têm passado mais tempo em casa e os cuidados precisam ser redobrados: “É fundamental que a rede esteja em boas condições e ainda mais importante no verão, já que a estação é marcada pelo aumento do volume de chuva”, orienta Cortez.

Ele destaca ainda uma outra prática bastante nociva, que é a interligação indevida e irregular da água de chuva na rede de esgoto. “Essa atitude, muitas vezes causada por desconhecimento sobre o assunto, assim como as ligações clandestinas, são proibidas por lei. É algo que pode causar o entupimento e o extravasamento do esgoto em vias públicas e pelos ralos e vasos sanitários de domicílios, estabelecimentos comerciais e indústrias. As redes de esgoto são projetadas para receber, exclusivamente, o efluente dos banheiros, das pias e da cozinha”, explica.

Medidas para evitar problemas nas redes de esgoto:

– O óleo de fritura, depois de utilizado no preparo dos alimentos, deve ser armazenado em garrafas plásticas e entregue nos pontos de coleta para que seja destinado a empresas que o adotam como matéria-prima.

– Faça uso das caixas de gordura e mantenha-as sempre limpas, para evitar transtornos com as tubulações de esgoto dentro dos imóveis.

– Todo imóvel deve ter uma caixa de inspeção ou Terminal de Inspeção e Limpeza (TIL) acessível na calçada ou próxima a ela, para que seja possível identificar problemas no esgotamento e realizar a manutenção das ligações de esgoto.

– Todo imóvel deve manter separada a rede de esgoto das tubulações de água pluvial (água de chuva).

– Em casos de entupimentos, extravasamentos ou retornos de esgoto, a população pode comunicar o fato à empresa por meio dos canais de atendimento remotos, como o telefone gratuito 0800 771 0001 e o site www.brkambiental.com.br, que funciona 24h, ou pelos perfis da empresa nas redes sociais.

A BRK Ambiental recomenda cuidados domésticos básicos, como não jogar restos de comida em pias residenciais.

 

Grupo Potiguar investe em treinamento de segurança em Sao Luís e Imperatriz

 

Colaboradores voluntários formados em Brigadistas / Socorristas

O Grupo Potiguar prioriza a Segurança em todas as lojas e demais departamentos, seja nas relações internas de trabalho, seja junto aos clientes em geral. E para garantir um ambiente cada vez mais seguro para todos, a empresa investe fortemente em treinamentos e equipamentos,além de contar com um time de colaboradores voluntários que integram a sua Brigada de Incêndio e de Socorristas em São Luís e em Imperatriz.
Vale lembrar que a função primordial de uma Brigada de Incêndio e do Grupo de Socorristas é o trabalho de prevenção, que visa eliminar ou minimizar o risco de acidentes. Esse time é quem avalia os riscos existentes no ambiente da empresa, notifica os responsáveis por setores em que haja irregularidades ou problemas a serem resolvidos e participa de ações simuladas. E em caso de acidentes, esse time age de imediato prestando os primeiros socorros e coordenado um Plano de Emergência e/ou Evacuação das pessoas no local, caso necessário.
Entre as função dessa Equipe durante uma emergência, destacam-se: Acionar alarmes, orientar as pessoas na evacuação, desligar a energia elétrica, prestar primeiros socorros, buscar combater o foco de incêndio e receber o Corpo de Bombeiros, prestando as informações e orientando acerca do local e da ocorrência. Em suma, é muito importante a existência desse tipo de Equipe para salvar vidas em casos de incêndios ou outros tipos de acidentes.
E os dois times da Brigada de Incêndio e Socorristas da Potiguar de São Luís e Imperatriz já começaram esse ano de 2021 reciclados e recém formados. Na capital o treinamento foi realizado pela Eloc Consultoria e em Imperatriz foi ministrado por Evandro Ferreira, Representante do Corpo de Bombeiro da Região.
Nesses treinamentos os colaboradores da Potiguar que integram esse time foram treinados de forma teoria e prática sobre os seguintes temas: Classes de fogo, Tipos de Extintores, Técnicas de PH, Simulações Preventivas de Primeiros Socorros, Rota de Fuga, Queimaduras, Choque Elétrico, Animais Peçonhentos, Fraturas, Convulsões, Inspeção de Hidrantes e Extintores além de exercícios simulados de socorro à vítimas, entre outras questões relevantes para a manutenção da segurança e do bem estar geral.

 

Equatorial Maranhão orienta sobre os cuidados com energia elétrica no período das chuvas

Saiba as principais medidas de segurança para evitar acidentes elétricos nesse período do ano

Os primeiros meses do ano são marcados pelo início do período chuvoso no Maranhão, onde ventos fortes e duradouras chuvas fazem acender o sinal amarelo no que diz respeito à segurança com energia elétrica dentro e fora de casa. É importante redobrar a atenção e o cuidado para prevenção dos riscos de acidentes. Nesse sentido, a Equatorial Maranhão orienta sobre as principais medidas para evitar imprevistos envolvendo eletricidade no período das chuvas.

Além dos transtornos na cidade, nessa época é bastante comum surgirem situações que podem representar riscos com a rede elétrica. Quedas de árvores com ou sem interrupção do fornecimento de energia e até mesmo curtos-circuitos podem se tornar um grande risco para a população, por isso, todo cuidado é pouco na hora de garantir a segurança da família.

O técnico de segurança da Equatorial Maranhão, Marcos Túllio Conceição, explica que os cuidados para evitar acidentes elétricos no período chuvoso são simples. “Água e eletricidade é uma combinação perigosa e deve ser evitada. Os acidentes costumam acontecer por conta do desconhecimento acerca dos perigos do momento. Alguns dos cuidados para evitar acidentes no período chuvoso vêm desde um projeto elétrico adequado das instalações seguindo as Normas Técnicas, bem como a instalação de equipamentos corretos com manutenções regulares.”, complementou Marcos Túllio.

Dentro de casa, identificar os potenciais perigos que a energia elétrica pode causar é fundamental para a proteção de todos. Se uma parede úmida se encontra próximo a uma tomada, é aconselhável não utilizar essa tomada. Outra dica muito importante é não fazer “gambiarras” ou improvisos, como: desencapar fios e conectá-los, nem utilizar fios emendados para ligar algum equipamento.

Fios derretidos, buracos de tomadas escuros, pequenos choques e cheiro de queimado indicam problemas na instalação, que precisam ser corrigidos imediatamente. A fiação elétrica da residência deve ser adequada à carga dos equipamentos que serão utilizados, com boas conexões e aterramento.

Confira alguns cuidados para garantir uma maior segurança nessa época do ano:

Em casa

• Não utilize equipamentos elétricos que estiverem molhados ou em locais inundados, pois estes fatores aumentam o risco de choque. Caso a chuva cause inundação na residência, chegando até o nível das tomadas, é necessário desligar o disjuntor imediatamente e chamar um profissional qualificado para fazer a revisão do local antes de ligar os disjuntores novamente. Além disso, evite goteiras perto de instalações elétricas, pois água conduz energia;
• Quando a chuva vier com raios e trovões, retire imediatamente das tomadas equipamentos como televisão, som, ventilador, computador, carregadores de celulares e outros, fique atento! Ao desligar esses aparelhos, use um calçado que possua o solado isolante (de borracha);
• Não faça “gambiarras” ou improvisos na rede elétrica, pois os perigos com acidentes aumentam no período das chuvas. Mantenha as instalações da sua casa dentro dos padrões técnicos, respeitando o período de 5 anos para revisão das instalações internas;
• Desconecte das tomadas os aparelhos que não estão sendo utilizados, pois as descargas atmosféricas (trovões) podem provocar danos elétricos nos equipamentos;

Fora de casa

• No período das chuvas é comum o aumento das descargas atmosféricas (raios), por isso, procure abrigar-se em construções e veículos. Evite ficar embaixo de árvores, em piscinas e lugares abertos, pois o risco de ser atingido por um raio é grande. É aconselhável não sair de casa durante a chuva;
• Não instale antenas quando estiver chovendo ou com fortes ventanias, pois além dos perigos com descargas elétricas, existe o risco de que o equipamento caia e você se machuque;
• Não permita que as crianças saiam para brincar com os colegas na chuva, nunca se sabe dos perigos que as tempestades e relâmpagos proporcionam.
• Em caso de cabos elétricos no chão, a orientação é manter distância e entrar em contato com Equatorial Maranhão pela Central 116.

A Equatorial Maranhão orienta ainda que se alguém for vítima de choque elétrico, não se deve tentar tocar na pessoa que está recebendo a descarga. A melhor forma de ajudar é desligar o disjuntor ou chave geral e ligar imediatamente para emergência no 193 ou 192.

 

Guarda Municipal prende homem por injúria racial em agência bancária em São Luís

Guarnição da Guarda Municipal sub inspetor Oliveira, guarda Almeida é e Diniz

A Guarda Municipal de São Luís efetuou a condução de um homem por injúria racial, o caso ocorreu nesta quarta – feira (20) , em uma agência bancária na praça Deodoro na região central da capital ludovicense.

De acordo com  informações da guarnição, depois de ser acionada por populares sobre uma confusão  que ocorria entre o vigilante e um cliente nas mediações em uma agência bancária, chegando lá a vítima relatou que o cliente teria chamado de ” preta nojenta e ridícula ” , em meio várias testemunhas o homem recebeu voz de prisão e conduzindo  para 8 Distrito policial no bairro da liberdade .

Maranhão entrega vacinas para os217 municípios em 36 horas

O Governo do Maranhão concluiu nesta quarta-feira (19) a distribuição das vacinas contra coronavírus para os 217 municípios do estado. Os imunizantes foram levados para as 19 Unidades Regionais de Saúde e, de lá, seguiram para as demais cidades.

Normalmente, a distribuição de vacinas para todos os municípios levaria três semanas. Desta vez, porém, foi feito um esforço adicional. O resultado foi a entrega em tempo recorde.

“Concluímos o transporte aéreo das vacinas para todas as regiões do Maranhão. Parabéns a todas as equipes, especialmente às Secretarias de Saúde e de Governo, bem como ao Centro Tático Aéreo”, afirmou o governador Flávio Dino, que também agradeceu às prefeituras.

Quinze das 19 Regionais já tinham recebido as vacinas na terça-feira, quando o Governo do Estado começou, às 7h, a missão. As outras quatro não tinham recebido por causa da chuva, que impediu a chegada das aeronaves. E receberam nesta quarta-feira.

“É uma sensação de dever cumprido. Esse alívio é pensar principalmente nas mortes dos profissionais que não vai mais acontecer. Temos um alívio muito grande, chegando a todos os municípios em tempo recorde. É uma alegria muito grande, uma emoção muito grande”, afirmou Aristeu Marques, coordenador das Regionais de Saúde do Maranhão.

Três aviões, três helicópteros e 30 automóveis fizeram o trabalho.

“É uma sensação de dever cumprido. Esse alívio é pensar principalmente nas mortes dos profissionais que não vão mais acontecer. Temos um alívio muito grande, chegando a todos os municípios em tempo recorde. É uma alegria muito grande, uma emoção muito grande”, afirmou Aristeu Marques, coordenador das Regionais de Saúde do Maranhão.

O responsável pelo transporte até os municípios é o Governo do Estado. E depois a aplicação fica sob responsabilidade das prefeituras.

Públicos

Nesta primeira etapa, são vacinados os grupos determinados pelo Ministério da Saúde. Existem três fases nesta etapa. Na primeira fase, são trabalhadores de saúde; pessoas de 75 anos ou mais; pessoas de 60 anos ou mais em asilos; população em situação de rua; população indígena, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

Na segunda fase, são os idosos de 60 a 74 anos. Na terceira fase, são pessoas com diabetes mellitus; hipertensão arterial grave; doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; e obesidade grave, com Índice de Massa Corporal igual ou maior que 40 .

Neste primeiro lote, são 164 mil doses para vacinar 78 mil pessoas. Cada uma vai receber duas doses