Duarte reitera propostas e confronta adversário sobre gestão em cargo público

O primeiro debate visando o segundo turno das eleições municipais de São Luís, como tradicionalmente acontece, foi na TV Band em parceria com a TV UFMA, na noite de quarta-feira (25), com mediação da jornalista Daniela Bandeira. Na oportunidade, o candidato Duarte (Republicanos) apresentou propostas para diversas áreas, como educação, transporte público, saúde, igualdade racial, zona rural e também confrontou o adversário sobre condutas à frente de cargos públicos.

Logo em sua primeira fala, Duarte agradeceu aos eleitores, apoiadores, à mãe -, que liderou caminhadas e carreatas, juntamente com a vice Fabiana Vilar, enquanto o candidato se recuperava de Covid – e a todos que têm contribuído com a campanha e disse porque acredita merecer uma oportunidade no Executivo Municipal. “São Luís não quer eleger mais um filho de político. Eu vim de baixo, ralei, estudei muito pra depois entrar na política e fazer um trabalho diferenciado. Fizemos um trabalho sério no PROCON e no VIVA Cidadão, e é essa gestão de qualidade já reconhecida pela população que nós queremos fazer na Prefeitura de São Luís.”

Ainda na apresentação, Duarte mencionou algumas de suas principais propostas, as quais vêm sendo discutidas e divulgadas para a população por vários meios, como rádio e TV (programa eleitoral, entrevistas), redes sociais, reuniões com comunidades e diversas categorias profissionais e panfletagens feitas pelo próprio candidato. “Acabar com a fila de espera por consultas e exames, e isso nós vamos fazer logo nos primeiros cem dias de gestão; transformar os terminais de integração em shoppings de serviços e garantir o Auxílio Municipal para aqueles que mais precisam, um recurso de 200 reais para as famílias mais carentes e mais vulneráveis”, reiterou.

Igualdade racial
Perguntando sobre políticas públicas voltadas para pessoas negras ou pardas, que representam 70% da população ludovicense, o candidato garantiu que haverá em sua possível gestão uma secretaria de combate ao racismo que garanta direitos difusos coletivos e direitos humanos. “Quem foi que disse que pra ser secretário municipal tem que ser branco, tem quer ser rico, tem quer ser filho de político? Nós vamos quebrar paradigmas, vamos fazer uma gestão participativa. Teremos uma secretaria que lutará pelos direitos humanos, pela igualdade racial”, afirmou.

Sustentabilidade ambiental
Um dos momentos mais acirrados foi após o adversário Eduardo Braide ter sido questionado sobre propostas para uma cidade mais justa, equilibrada e com respeito ao meio ambiente. Duarte comentou sobre a falta de ações do candidato do Podemos quando foi diretor-presidente da Caema. “Ele não apresenta uma ação concreta como presidente da Caema. Saiu porque prestou um péssimo serviço, deixou uma dívida de mais de meio milhão, assumiu a Caema como presente do pai, que é deputado, todo mundo sabe disso”, contestou Duarte.

Entre as propostas do candidato para a área, estão gestão de resíduos sólidos, em cumprimento à Lei nº 11.326/2020; ampliação dos Ecopontos; combate à poluição nas praias com fiscalização de pontos de lançamento de esgoto in natura; gestão baseada no conceito lixo zero, promovendo o correto aproveitamento e destinação para resíduos recicláveis e orgânicos.

Educação
Sobre educação, garantiu que vai reformar todas as escolas municipais e, em parceria com a Claro, disponibilizar internet nas escolas e nos domicílios dos alunos por meio de chip e falou sobre retorno às aulas presenciais. “Após diálogo com professores, pais, alunos, vamos garantir uma retomada das aulas, desde que haja um acordo entre todos esses agentes. Quero também lembrar que sou o deputado que destinou emendas de 300 mil reais para a Uema para garantir formação continuada para os professores”, garantiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *