PF realiza a operação “Bravo Uniform” em combate a corrupção eleitoral em Morros

A Polícia Federal, com apoio do Ministério Público Eleitoral, deflagrou na manhã desta quarta-feira (23/12) a Operação BRAVO UNIFORM, com o objetivo de apurar a prática de crimes de corrupção eleitoral, na Eleição para os cargos de Prefeito e Vereador, no município de Morros/MA.

Com base em depoimentos de eleitores e informações coletadas em interceptação de ligações telefônicas autorizadas pela Justiça, foi possível obter fortes indícios de que pessoas próximas a um dos candidatos a Prefeito, além de um candidato a vereador, agiram ativamente para realizar compras de votos na véspera e no dia da votação no citado município.

Um eleitor chegou a filmar um candidato a vereador e a esposa de um dos candidatos a Prefeito oferecendo dinheiro e um veículo em troca do apoio do eleitor e de sua família.

Equipes da Polícia Federal cumprem 6 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, em endereços dos investigados, nos municípios de São Luís/MA, Axixá/MA e Morros/MA.

Os materiais apreendidos serão analisados e os investigados podem ser indiciados pelo crime de corrupção eleitoral, previsto no Art. 299 do Código Eleitoral (Lei nº 4.737/65), com pena que pode chegar a 4 anos de reclusão, além de multa.

Foram apreendidos cerca de 80 mil reais .

5 pensou em “PF realiza a operação “Bravo Uniform” em combate a corrupção eleitoral em Morros

  1. Eu gostaria que acontece em urbano santos fica depois de são benedito do rio preto.
    População sabe que foi roubo teve sim compra de voto mais quem manda la quem esta no poder.

  2. Não é diferente do aconteceu em Matinha. Gistaria muito que a polícia federal investigasse a fundo a eleição de Matinha, pois temos provas de compras de votos e de várias aberrações acometidas neste governo

  3. Em Pinheiro a compra de votos pelo prefeito reeleito e a base dos seus vereadores foi demais, aqui não tem MP, e além disso a Covid rola solto e acho que uma parte desse dinheiro entrou nessa campanha,,a olho nú dos homens da lei..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *