Ganhadores da promoção “pinta que dá sorte” da potiguar

O ano de 2021 já começou para alguns clientes da Potiguar que ganharam presentes inesperados. É que Grupo Potiguar em parceria com a marca de tintas Suvinil premiou aqueles que fizeram compras da marca e foram sorteados na campanha “Pinta Que Dá Sorte”.

No total foram distribuídos 20 mil em prêmios, divididos em 4 vales compras no valor de 5 mil reais que saíram para os seguintes clientes sorteados: Ibervaldo da Silva das Neves; Henrique Calado Sugmyama; Albert Carlos Nascimento Silva e Cleinaldo Castro Lopes.

Todos os sorteados já compareceram à Potiguar e receberam seus respectivos vales compras para aproveitar e dar uma repaginada na casa por conta do presente.

Ministério Público do Maranhão está investigando desvio de doses de vacina contra o covid – 19

O Ministério público do estado do Maranhão , está investigando os desvios de doses das vacinas distribuídas pelo governo do estado .

Esse desvios partiu das prefeituras municipais, neste caso específico, foram políticos que desviaram doses para parentes e pessoas de grupos não prioritários na campanha de vacinação .

O MP não divulgou os municípios envolvidos, iremos aguardar o posicionamento do órgão para trazer mais detalhes sobre as investigações .

URGENTE: Mais um caso de tentativa de sequestro de criança registrado no MA e Conselhos tutelares emitem novo alerta para o sequestro de crianças

Agora os casos ocorreram nas cidades de Tutóia e Davinópolis, foram registrados duas tentativas de sequestros e comunicados por meio de alerta para os pais e responsáveis das localidades, deixando claro os números das autoridades competentes.

Segundo informações apuradas o primeiro caso , os sequestrados, usaram uma canoa para atrair cinco crianças que estavam brincando em um igarapé no povoado de Tutóia Velha , oferecendo para os menores bombons, mas as crianças perceberam que os homens estavam usando armas e pularam da canoa e o da cidade de Davinópolis, um casal oferecendo bombons e brinquedos em uma Hilux de cor Branca ,  ambos os casos estão sendo investigados pela polícia civil e militar.

Os conselheiros tutelares pedem que os pais e responsáveis por crianças e adolescentes não os deixem saírem de casa desacompanhados.

Prefeitura de Axixá é investigado por suposto desvio de dinheiro destinado ao covid

Com informação Neto Ferreira

A Prefeitura de Axixá, comandada por Sônia Campos (PDT), está sendo investigada por suposto desvio de R$ 500 mil destinados ao enfrentamento da Covid-19.

A investigação foi instaurada pelo procurador da República, Marcilio Nunes Medeiros, após o vereador de Axixá, Joaquim Souto dos Santos Filho (MDB), protocolizar uma Representação contra a gestão de Campos.

No documento, o parlamentar municipal relatou que não foram realizadas ações significativas no combate à pandemia em Axixá. Alegou ainda que não há metas, dados ou medidas que indiquem a política adotada.

Joaquim Filho afirmou também que pacientes foram encaminhados para outro Município, pois o hospital da cidade não tinha condições de atendimento, entre outras irregularidades.

Em razão disso, o Procedimento Preparatório nº 1.19.000.001042/2020-92 foi convertido em Inquérito Civil Público para dotar todas as medidas possíveis e necessárias, judiciais e extrajudiciais, no intuito de apurar supostas irregularidades quanto à gestão de verbas públicas destinadas ao enfrentamento do COVID-19 em Axixá.

Vereador do PCdoB do MA é acusado de praticar estupro contra a própria prima

Com informações Diego Emir

Um vereador do PCdoB de Pedro do Rosário,  está sendo acusado de ter estuprado sua própria prima, quando tinha 13 anos. A adolescente apareceu grávida, mas perdeu o bebê.

A adolescente está internada em uma Maternidade de Alta Complexidade de São Luís. Ela está recebendo toda assistência do Conselho Tutelar de São Luís.

Até o momento o vereador não foi preso. Há suspeita de que o parlamentar vivia ameaçando os conselheiros tutelares da cidade para que o caso não viesse a tona e não ser provocado um alvoroço ou até a perda do mandato.

Urgente: Médica debocha de intubação de pacientes com covid-19, “Dois intubados no mesmo plantão kakakakka. “Mais um eu peço música no fantástico”

Portal Macajuba acontece

“Dois intubados no mesmo plantão kakakakka. “Mais um eu peço música no fantástico”, diz publicação.

Uma médica recém-formada causou polêmica após publicar nas redes sociais uma mensagem em que ri por ter realizado duas intubações em pacientes do hospital de campanha do município de Guajará-Mirim, em Rondônia, dedicado ao tratamento de Covid – 19.

Formada em maio de 2020, Leanara estava de plantão na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de covid-19 do hospital. A prefeitura repudiou o ato e informou que Leanara “já havia pedido exoneração do Município início do ano de 2021 e logo depois ficou afastada por problemas de saúde”. Mesmo com afastamento assegurado por atestado médico, ela se propôs a colaborar com o atendimento.

O Ministério Publico de Rondônia informou ao R7 que oficiou a secretaria municipal de Saúde de Guajará-Mirim para receber informações sobre uma possível instauração de procedimento apuratório disciplinar. O MP ainda aguarda posição do município.

Após a repercussão negativa do caso, a médica postou uma carta aberta. No texto, pede desculpas “por uma publicação não pensada, sem teor nenhum de maldade ou sentimentos ruins”. Leanara alega que a mensagem foi reproduzida com “teor totalmente diferente e discrepante do sentimento expressado naquele momento: ‘Rir pra não chorar'”.  A médica afirma ainda que “jamais e por hipótese nenhuma comemoraria de maneira cruel sobre os péssimos desfechos da Covid-19″. Nesta quarta-feira (27), a médica já havia apagado seus perfis nas redes sociais.

Ministério Público pede prisão do prefeito de Manaus

O Ministério Público Estadual do Amazonas pediu na segunda-feira (25) a prisão do prefeito de Manaus, David Almeida, e da secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe, na ação que denuncia irregularidades na aplicação da vacina e no favorecimento de pessoas que teriam furado a fila do grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19. O órgão ainda pede o afastamento de ambos dos cargos públicos.

A Rede Amazônica teve acesso ao documento com os pedidos de prisão, afastamento e busca e apreensão, redigido pela Procuradoria Geral do MP e enviado à Justiça do Amazonas.

Em nota, o prefeito David Almeida disse estar “profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária” do MP e informou que “ingressará com as medidas cabíveis contra os responsáveis”. 

No documento, o órgão pede também o afastamento do subsecretário de Gestão de Saúde, Luís Cláudio de Lima Cruz, e dos assessores da Secretaria municipal de Saúde Djalma Pinheiro Pessoa Coelho, Stenio Holanda Alves e Clendson Rufino Ferreira.

Entre os investigados que seriam alvo de busca e apreensão, estão também o secretário municipal de Limpeza Urbana, Sebastião da Silva Reis, e a secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania, Jane Mara Silva de Moraes, além de médicos.

Em relação aos médicos, o MP aponta que:

Houve a contratação de dez médicos, para o cargo de Gerente de Projetos, intermediada pela médica Ilcilene de Paula da Silva, com a participação da Secretária Municipal de Saúde, Shadia Fraxe, e do assessor Djalma Pinheiro Pessoa Coelho.

As contratações ocorreram por nomeação do prefeito David Almeida, que teria inserido uma declaração falsa ao nomear médicos para exercerem atividade médica, porém no cargo de Gerente de Projetos.

O grupo era formado por pessoas com “ligações políticas e econômico-financeiras de apoio político e eleitoral ao atual prefeito”.

As suas nomeações ocorreram nos dias 18 e 19 de janeiro, quando as primeiras aplicações de vacina em Manaus e no Amazonas.

Os salários dos médicos era maior que o determinado.

Em relação, especificamente, à fraude na fila de prioridades, o Ministério Público aponta que:

houve omissão na elaboração e na publicação do Plano Municipal de Vacinação com caráter doloso, com o objetivo de afrouxar as fiscalizações.

Conforme lista enviada ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas pela prefeitura de Manaus, o MP aponta que doses da vacina foram usadas irregularmente na imunização das seguintes pessoas:

Secretária Municipal de Saúde, Shadia Hussami Hauache Fraxe

Subsecretário de Saúde Municipal, Luiz Cláudio de Lima Cruz

Secretário Municipal de Limpeza, Sebastião da Silva Reis (vulgo Sabá Reis)

Assessor II da Secretaria Municipal de Saúde, Clendson Rufino Ferreira

Advogado e Assessor I da Secretaria Municipal de Saúde, Stenio Holanda Alves

Secretária Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania SEMASC, Jane Mara Silva de Moraes de Oliveira

uma advogada

um empresário e a esposa.

Conforme o documento:

nenhum dos indivíduos citados integram a linha de frente do combate ao Covid-19, ou são idosos prioritários, o que configura a prática da infração de peculato.

houve omissão no planejamento e execução da vacinação, o que indica o desvio de vacinas para atender a interesses particulares do prefeito e de toda a cúpula da Secretaria municipal da Saúde.

Em decisão assinada nesta segunda-feira (27), o desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos sentencia que o âmbito da Justiça Estadual é inabilitado para o processamento e o julgamento do caso. O magistrado indica a competência para o julgamento para o Tribunal Regional Federal da 1.ª Região.

Em nota, o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) reforçou o entendimento de que a matéria é de competência estadual. “O interesse nacional é de todos os entes federativos, mas a questão da burla da fila de vacinação ocorre em meio à competência material municipal, que é de aplicação das vacinas, razão pela qual a competência é da Justiça Comum Estadual”, diz o texto.

Posicionamento

O Tribunal informou que o processo encontra-se sob sigilo judicial, portanto, não se manifestará sobre o assunto e que o desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos também não comenta processos que estejam em andamento sob sua relatoria.

O prefeito de Manaus, David Almeida, disse em nota estar “profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária” de membros do Ministério Público e informou que “ingressará com as medidas cabíveis contra os responsáveis”. O texto ainda afirma que “não há o menor indício de desvio de recursos públicos, ato lesivo ao erário ou repercussão criminal”.

OMS aponta presença da variante de Manaus em oito países

Agência Brasil

Brasil foi 2º país com mais casos novos da doença na última semana.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou em seu informe epidemiológico sobre a covid-19 que a variante do coronavírus identificada em Manaus já chegou a oito países: Brasil, Japão, Estados Unidos, Reino Unido, Itália, Alemanha, Coreia do Sul e Irlanda.

No documento, a OMS manifestou preocupação com a evolução da disseminação da variante, por seu risco de maior transmissibilidade e reinfecção. Estudos adicionais são necessários ainda para entender melhor o impacto da variante, especialmente da resistência dela a vacinas contra a covid-19.

A variante encontrada no Reino Unido (202012/01) foi detectada em 70 países, tendo atingido 10 novas nações na última semana. Já a variante notificada inicialmente na África do Sul (501Y.V2) foi detectada em 31 países, com oito novos tendo informado a presença desse tipo na última semana.

Segundo a OMS, a circulação das variantes evidencia a importância das pessoas, mesmo aquelas já infectadas anteriormente, aderirem às medidas de prevenção (como distanciamento social e higienização das mãos e superfícies).

Também é necessário que os países ampliem a capacidade de diagnóstico e de sequenciamento do vírus onde for possível. No Brasil, o Ministério da Saúde segue distribuindo testes RT-PCR, os realizados em laboratório, mas passou a recomendar os diagnósticos clínicos, sem exames laboratoriais.

Ranking de novos casos

O Brasil foi o segundo país com mais casos novos de covid-19 na última semana (360.428, aumento de 5% sobre a semana anterior), atrás apenas dos Estados Unido (1,25 milhão, decréscimo de 20% sobre a semana anterior).

Em todo o mundo, foram registrados 4,1 milhões de novos casos. O resultado marcou uma queda de 15% sobre a semana anterior. Foi a segunda semana seguida de redução dos novos casos, após um alto acréscimo decorrente da virada do ano. As Américas seguem como a região com maior número de novos casos, seguida pela Europa e pelo Sudeste Asiático.

Já o número de novas mortes confirmadas foi de 96.000, o mesmo desempenho da semana anterior. Nas Américas, foi reportado aumento de 4%. Já na Europa, no Sudeste Asiático e no Pacifico Ocidental houve queda nos novos óbitos.

Secretaria de Turismo reúne Trade turístico para ouvir demandas e debater parcerias

A Prefeitura de Paulino Neves, através da Secretaria Municipal de Turismo realizou na última terça-feira (26/01/2021), reuniu o trade Turístico do município para tratar de demandas e parcerias para o setor. O encontro foi presidido pelo Secretário Municipal de Turismo, Franquismar Rodrigues com a presença da vice prefeita Raimundinha do Sindicato. Durante o encontro a Equipe da Secretaria de Turismo enfatizou a importância de trabalhar em parceria, ouvir demandas e apresentar propostas que atendam as necessidades colocadas pelo setor. “Além de ouvir as demandas, apresentamos propostas de parceria que atendam o setor como na qualificação da mão de obra local”, afirmou o Secretário de Turismo, Franquismar Rodrigues.

Duarte garante adotar medidas contra fechamento de unidades do Banco do Brasil no MA

Com a repercussão negativa em todo o país do fechamento de agências do Banco do Brasil, temendo os prejuízos para os consumidores maranhenses, o deputado estadual Duarte (Republicanos) se pronunciou por meio de rede social, criticando o atendimento do banco e garantiu que adotará medidas contra o que ele chamou de ‘retrocesso’.

“O atendimento bancário já é de péssima qualidade. Agora, o que é ruim pode ficar pior, pois o Banco do Brasil deseja fechar agências. Mesmo durante a pandemia, os bancos se aglomeram e colocam em risco a vida de consumidores e bancários. Não vou permitir mais esse retrocesso”, postou o deputado em sua conta no Twitter.

O pronunciamento do deputado vai ao encontro das cinco agências que serão fechadas em todo o Maranhão: Anjo da Guarda, Deodoro e Hospital Materno Infantil (São Luís); Praça da Cultura (Imperatriz); e Parque das Nações (Açailândia). O banco ainda pretende aposentar 248 funcionários em todo o estado, que terá também oito agências transformadas em postos de atendimento: Amarante do Maranhão; Itinga do Maranhão; Lima Campos; Matões; Olho d’Água das Cunhãs; Parnarama; além de duas unidades em São Luís: Alemanha e Anil.

Reestruturação do BB

No 11º dia de 2021, o Banco do Brasil anunciou o fechamento de 361 unidades, sendo 112 agências, 242 postos de atendimento ao público e sete escritórios, além do corte de 5 mil funcionários. As mudanças, que devem acontecer ainda no primeiro semestre, fazem parte de um plano de reestruturação, o qual inclui também a transformação de 379 agências em postos de atendimento ao longo do ano.