Gutemberg é acusado de usar emenda em troca de voto

Gutemberg é acusado de usar emenda em troca de voto

Gutemberg é acusado de usar emenda em troca de voto

Foto: Dr. Gutemberg usa pasta de seu ex-assessor para montar esquema de compra de votos para sua eleição na Câmara. Caso pode colocar o MP dentro do governo Braide (Foto: Reprodução)

O vereador Paulo Victor (PCdoB) ocupou a tribuna da Câmara Municipal de São Luís, na manhã desta segunda-feira (8), para fazer uma grave denúncia: um suposto esquema de uso de emenda parlamentar em troca de voto na disputa pela Mesa Diretora da Casa.

O parlamentar acusou o colega de plenário, vereador Dr. Gutemberg (PSC), de usar a Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), de onde estariam sendo liberados os recursos públicos, para a ‘compra’ de votos em torno de sua candidatura.

“É legítimo que qualquer candidato à Presidência utilize qualquer ferramenta externa com decência, prudência e ética. Mas o que a gente vive hoje na Câmara Municipal precisa ser externado para a sociedade. Todos os vereadores aqui sabem que a gente se comunica entre si, diariamente e diuturnamente, seja em bloco, seja rachado, seja da forma que está, mas a gente precisa externar para a sociedade a crueldade que está acontecendo”, destacou.

Paulo Victor disse que comunicou o presidente da Casa e os demais colegas que disputam a Mesa, mas avisou que vai protocolar um pedido de audiência pública para convocar o Ministério Público visando discutir a questão envolvendo a pasta de um secretário que foi chefe de gabinete do vereador Dr. Gutemberg.

“Eu não peço cobertas em torno disso, mas de todas as pessoas que já declararam apoio a Paulo Victor, nenhuma recebeu emenda parlamentar. Absolutamente nenhuma. Então, de fato, a partir de hoje, eu começo a trazer isso. Eu não sou de utilizar a tribuna, mas existe um comboio em ferramentas, que também passa pela Secretaria de Segurança Alimentar, cujo secretário é indicação do vereador Dr. Gutemberg e foi chefe de gabinete do parlamentar nesta Casa. É por meio desta pasta que todas as emendas parlamentares estão passando. Sendo assim, a gente começa a externar o que está acontecendo. É necessário que se respeite a atuação de cada candidato à Presidência dessa Casa. Trago isso para que se faça uma equiparação de valores que não são valores materiais, mas, sim, valores morais”, completou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *