Lula em Ribamar – secretário de Saúde é o entrevistado deste sábado no Programa Faro News

O programa “Faro News”, da Rádio Verdes Mares de São José de Ribamar, entrevista, neste sábado, 1º de maio – dia do trabalhador, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O secretário, que é um dos grandes protagonistas da atuação do Estado nos municípios maranhenses, vai apresentar um panorama das ações de combate ao coronavírus, que inclui desde a entrega de vacinas até a criação de novos serviços e unidades de atendimento para a população.

Com apresentação de Thiago Prado, o Programa Faro News começa às 11h e pode ser acessado via ondas sonoras da 106,3 MHz e também via site www.radioverdesmares.com. Fique ligado!

Governo do Estado anuncia Reforma e Ampliação do Mirante em Paulino Neves

O município de Paulino Neves será contemplada com a reforma e ampliação do Mirante da Lagoa do Salgadinho.

O anúncio da obra aconteceu na tarde desta sexta-feira (16), durante visita do secretário de Estado das Cidades, Marcio Jerry, ao município.

O prefeito municipal de Paulino Neves, Raimundo Lídio, a vice-prefeita, Raimundinha do Sindicato, vereadores e demais membros do executivo municipal acompanharam a visita ao mirante.

“Agradeço ao governador e ao secretário das cidades pela parceira em prol da reforma e ampliação do mirante. O mirante é muito frequentado tanto pela população local como por turistas e com esse investimento certamente vai ajudar a alavancar o turismo local”, declarou Raimundo Lídio.

Prefeitura de São Luís lança Programa Peixe na Mesa

A Prefeitura de São Luís lançou, nesta quarta-feira (31), o Programa Peixe na Mesa. Mais de 50 mil famílias vão ser beneficiadas com a iniciativa, que acontecerá em vários pontos da cidade.

“O Programa Peixe na Mesa está sendo executado pela Secretaria de Segurança Alimentar (SEMSA). Já fizemos o levantamento das famílias, abrigos e instituições que serão beneficiados com mais de 120 toneladas de peixe nessa primeira fase do programa”, informou o prefeito Eduardo Braide.

Por conta da pandemia, a entrega dos peixes será feita de forma descentralizada. O levantamento das famílias, bem como abrigos e instituições foi feito pela SEMSA, com o apoio da Secretaria da Criança e Assistência Social (SEMCAS).

“Segurança alimentar representa saúde pública neste momento em que muitas famílias estão com dificuldade de botar comida na mesa. Na Semana Santa os pescados são muito bem-vindos. Seguiremos com essas entregas até o fim da semana em todas as regiões da nossa cidade, beneficiando a população mais vulnerável”, disse o secretário municipal de Segurança Alimentar, Junior Vieira.

Coube aos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), a definição das famílias a serem beneficiadas com o Programa Peixe na Mesa. Dentre os beneficiários estão os que recebem Bolsa Família, famílias em situação de vulnerabilidade social e inscritos no CadÚnico. Cada CRAS estabeleceu os pontos para distribuição dos peixes e fará a informação aos beneficiários. Já abrigos e instituições serão informados pela SEMSA, que fará a articulação da distribuição dos peixes.

O alimento chegou em boa hora para a família da dona de casa, Marlene Teixeira dos Santos. “Vai fazer a diferença para minha família nessa Semana Santa porque está muito difícil e tudo muito caro. Neste momento toda ajuda é muito bem vinda”, comentou.

Quem também ficou feliz em receber os pescados foi Alexandro Lima Reis, morador da Vila Esperança. “Agradeço a Deus por esse peixe recebido hoje. Minha família estava precisando demais. Já é o almoço e janta desses dias”, comentou.

A primeira edição do Programa Peixe na Mesa será realizada até sexta-feira (2/04).

“O Programa Peixe na Mesa é mais um compromisso honrado que assumi com a nossa cidade. Vamos ampliar a iniciativa, com o objetivo de alcançar, cada vez mais, as pessoas que mais precisam”, concluiu o prefeito Eduardo Braide.

Prefeitura de Guimarães assina convênio de pavimentação de ruas

O município de Guimarães na pessoa do prefeito  Osvaldo Gomes, assinou nesta quarta – feira (31) , o termo de cooperação técnica para pavimentação de ruas no município, na oportunidade o prefeito ressaltou que  vai ter ruas melhoradas com a pavimentação.

A iniciativa do Governo do Estado inclui a melhoras de vias públicas com uso de bloquetes intertravados de concreto. Além de conferir novo cenário às cidades, a medida integra as ações de ressocialização do Governo. A solenidade de assinatura do termo de cooperação foi realizada no Palácio dos Leões, com presença do governador Flávio Dino.

A meta do Governo do Estado com o termo de cooperação é entregar cerca de 450 mil blocos aos municípios. Atualmente, a Seap coordena 13 fábricas de blocos, com mão de obra de 170 internos. A expectativa é que até o final deste primeiro semestre, amplie para 64 fábricas, o que garantirá a inserção de mais 612 internos na atividade de trabalho.

Prefeitura de Paulino Neves realiza a entrega de kit merenda aos alunos da rede municipal

A Prefeitura Municipal de Paulino Neves, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), iniciou hoje, terça-feira (30/3) a distribuição de kits de alimentação escolar para os alunos da rede municipal.

Segundo a Secretária de Educação, a Sra. Nilce Nely, a entrega dos kits de alimentação escolar é mais uma das ações que dá prosseguimento ao cumprimento do calendário escolar nesta fase de pandemia. Os kits serão para complementar a alimentação da família. Ainda de acordo com a Secretária Municipal de Educação, as famílias de todos os estudantes matriculados na rede municipal tem direito ao KIT e os pais devem se dirigir as escolas onde os seus filhos são matriculados para se informar sobre o cronograma das entregas.

Regras

Até 2 irmãos matriculados:

A família recebe 1 kit de alimentação escolar.

3 ou 4 irmãos matriculados:

a família recebe 2 kits de alimentação escolar.

A partir de 5 irmãos matriculados:

a família recebe 3 kits de alimentação escolar.

Policiais promovem hoje um “lockdown” contra reforma administrativa

Manifestação nacional de forças de segurança prevê interrupção do trabalho das 15h às 16h para pressionar por menos rigidez na reforma.

Em campanha para pressionar o governo federal e o Congresso, servidores de forças de segurança de todo o Brasil estão mobilizados para promover nesta segunda-feira (22/3) um “lockdown” de protesto. Sindicatos e entidades que representam esses servidores pediram que eles deixem seus postos de trabalho das 15h às 16h, e protestem na frente aos prédios onde estão lotados.

Militares, por lei, não podem se unir – pelo menos oficialmente – ao movimento.

Os sindicalistas reclamam da Reforma Administrativa que tramita na Câmara e reduz direitos dos servidores que entrarem após a aprovação da legislação.

“A proposta prevê, entre outros pontos, diversos prejuízos e riscos para as carreiras da segurança pública, como o fim da estabilidade, a adoção do vínculo de experiência e a possibilidade de criação e extinção de cargos de chefia por decreto”, argumenta a União dos Policiais do Brasil (UPB), em comunicado que circulou entre policiais nos últimos dias.

A UPB une mais de 20 entidades representativas de carreiras da segurança pública no Brasil inteiro. Nas últimas semanas, a entidade tem promovido protestos e carreatas contra a Reforma Administrativa. Até o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), apoiado por parte do segmento, tem sido considerado traidor pelos manifestantes.

Ameaça de greve

A ideia até a semana passada era promover um “lockdown” mais longo, das 13h às 23h. Os servidores estavam indignados com a aprovação da PEC Emergencial, que congelou salários dos servidores públicos em alguns cenários fiscais que podem ocorrer nos próximos anos. Optou-se, porém, por uma paralisação menor, mas com a ameaça de uma grande greve mantida no horizonte.

Para Jacinto Teles, presidente da Associação dos Policiais Penais do Brasil, foi o próprio governo que impôs esse lockdown na segurança pública, quando aprovou a PEC Emergencial, que segundo ele, “de emergencial não tem nada”, porque “tira e arrocha os salários dos servidores públicos”.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e Tribunal de Contas da União (Sindilegis), Alison Souza, alertou para o caos que a paralisação pode causar.

“Daqui a pouco, servidores de outras áreas podem seguir o mesmo caminho. Imagina o caos que isso pode gerar em setores como a segurança pública, a saúde, a educação? Este é o pior momento para discutir uma proposta como a PEC 32 [reforma administrativa], que promove o desmonte do serviço público e trata de maneira injusta servidores essenciais para o desenvolvimento do país”, destaca.

No Maranhão 

A paralisação também ocorrerá aqui em São Luís e estendendo para regionais de  Timon e  Imperatriz ,  tanto  policiais quanto entidades se movimentaram para que seja cumprido todos os protocolos adotados pela OMS de distanciamento.

Para Caroline Noleto, presidente da APOTEC – Ma, o diálogo teria que ser  em um outro momento pois existe uma pressão com a pandemia .

“A pandemia não é o melhor momento para votar assuntos que precisariam ser amplamente discutidos. A redação da PEC 32/2020 poderá trazer muitos prejuízos aos servidores públicos e nós devemos ter nossos direitos garantidos.”

O movimento ocorrerá de forma pacífica , porém cada policial irá fazer a paralisação no seu local de serviço assim evitando aglomeração, a partir das 15 horas .

Nova edição da revista “o lojista”da cdl slz já on line

Já está disponível de forma digital a primeira edição do ano de 2021 da revista O Lojista, publicação institucional da Câmara de Dirigentes Lojistas / CDL São Luís.

Em versão digital, a revista vem com novo visual gráfico e tem como destaque os protocolos sanitários que devem ser seguidos pelo comércio.

Além disto, a revista traz também matérias sobre o SPC Avisa, linhas de crédito para empresas na pandemia, dicas de e-commerce e como vender pela internet, além de muitos outros temas relevantes e de interesse do varejo.

A revista pode ser acessada nas mídias digitais da CDL São Luís, como o site www.cdlsaoluis.org.br. Fica a dica, uma leitura imperdível para todos os lojistas e empreendedores.

Rosana da Saúde solicita urgência na votação do projeto de Lei de sua autoria que estabelece as Igrejas e Templos religiosos de São Luís como atividade essencial em tempos de pandemia

Durante o seu discurso na sessão Ordinária desta quarta-feira (3), a Vereadora Rosana da Saúde solicitou que o Projeto de Lei 05/2021, que estabelece as igrejas e templos de qualquer culto como atividade essencial em períodos de Pandemia no Município de São Luís seja votado em caráter de urgência pela Câmara Municipal.
A Vereadora está em seu primeiro mandato, e esse Projeto de Lei é o primeiro de sua autoria que foi encaminhado ainda no mês de Janeiro para a Câmara. A parlamentar ressaltou a extrema importância dos trabalhos realizados pelas igrejas e instituições religiosas em tempos de crise, pois as mesmas oferecem todo o suporte espiritual e emocional. E em momentos difíceis, a fé e esperança de dias melhores estão por vir fazem toda diferença. Além de realizar várias ações sociais de arrecadação de alimentos, roupas, kits de higiene e distribuírem aos mais necessitados.
“O papel da religião é fundamental para o acolhimento espiritual da nossa população, principalmente nesse período em que a solidão causada pelo distanciamento social se soma a tristeza pelas perdas passadas e a ansiedade sobre o nosso futuro. Vemos através da história que as entidades religiosas sempre se fizeram presentes em situações de crises e calamidades ao redor do mundo, que carregando a bandeira do amor ao próximo sempre desempenharam um importante papel de auxílio espiritual as pessoas e apoio aos mais carentes, através de ações sociais.”

 

Davison Silva é o novo presidente da AGEMSUL

Nesta quarta-feira (24), o governador Flávio Dino anunciou, por meio de suas redes sociais, o professor Davison Silva como novo presidente da Agência Executiva Metropolitana do Sudoeste Maranhense (AGEMSUL).

“O professor Davison do Nascimento Silva, especialista em Gestão Ambiental, assumirá a presidência da AGEMSUL, sediada em Imperatriz. Agradeço a Frederico Ângelo pela colaboração ao nosso governo”, escreveu o governador.

Para o novo presidente, o objetivo é reforçar as ações do Governo com justiça social. “Estamos vivendo um momento muito difícil. Apesar das adversidades, buscaremos dar continuidade, atuando em toda a região metropolitana de Imperatriz, composta hoje por 22 municípios”, disse o presidente Davison.

O professor Davison exerceu anteriormente a função de coordenador da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB) em Imperatriz.

Detinha reúne-se com prefeitos e vice-governador

A deputada estadual Detinha (PL) reuniu-se, na manhã desta quarta-feira (24), com o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

A parlamentar estava acompanhada de vários prefeitos: José de Diário (Centro do Guilherme), Deusinha (Maranhãozinho), Almeida (Igarapé do Meio), Roberto do Posto (Governador Newton Bello), Aurélio da Farmácia (Pio XII), Facinho (Cândido Mendes), Christianne Varão (Bom Jardim), Val de Castro (Serrano do Maranhão) e Josinha (Zé Doca).

No encontro, Detinha e os prefeitos apresentaram demandas referentes a esses municípios ao Governo do Estado..

Dentre as solicitações requeridas estão a construção de CRAS, estradas vicinais, pavimentação e recuperação asfáltica de ruas e avenidas.

“É de extrema importância esse contato direto com os prefeitos do nosso Estado. Ao lado deles, é possível atender às necessidades dos municípios e, assim, buscar recursos para supri-las. O nosso mandato está à disposição do povo maranhense”, afirmou Detinha.